O que é o ESG e a sua importância para empresas

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Já é claro para todo mundo o quanto as decisões tomadas em uma empresa podem ter repercussões fora dela. Especialmente no que diz respeito à qualidade dos espaços públicos e à manutenção do meio ambiente. 

Consumidores e empreendedores então se atentam a essa responsabilidade e novas ferramentas são desenvolvidas para avaliar esse empenho e ajudar empreendedores e cumprir esse papel, como o ESG.

Se você ainda não sabe o que é o ESG, então é uma boa hora para se informar a respeito. Mesmo microempreendedores e startups podem tirar proveito desse recurso.

Neste artigo, vamos explicar o que significa essa sigla, qual é sua importância e como surgiu. 

Acompanhe!

group of volunteers planting tree in park

O que é o ESG?

Esta é uma sigla para “Enviroment, Social and Governance”, que pode ser entendido em português como “Ambiental, Social e Governança”. Trata-se de uma ferramenta usada para avaliar e descrever o empenho de uma empresa em reduzir seus impactos na natureza e prover a melhor contribuição social e ambiental possível.

Além disso, também é usado para avaliar possíveis investimentos onde a sustentabilidade é um fator chave. Seus três fatores centrais são caracterizados da seguinte forma:

• Ambiental: conservação do meio-ambiente, emissão de carbono, geração de lixo, etc;
• Social: forma como lida com pessoas, colaboradores e com a comunidade ao seu redor;
• Governança: conduta corporativa, canais de denúncia e administração interna.

Qual é sua importância para as empresas?

1. Gestão responsável

Como já mencionamos, o impacto gerado pelas empresas pode ser bem amplo, mesmo por pequenos negócios e startups. É importante estar atento a esses impactos, avaliar quais são suas principais repercussões e levar todos estes fatores em conta ao tomar novas decisões dentro da empresa.

2. Exigências do público

Os clientes também estão mais exigentes com relação às empresa com as quais buscam produtos e serviços. Cada vez mais consumidores dão preferência a empresas que atuam com responsabilidade ambiental e social.

3. Parcerias importantes

Além do público, outras empresas também prezam pela integridade ambiental de seus parceiros e fornecedores. Manter suas próprias responsabilidades também é uma maneira de fortalecer essas parcerias, especialmente se você pretende atuar com empresas e órgãos públicos.

Como surgiu o ESG?

O conceito de ESG não é tão incomum na prática, sendo algo já reconhecido há bastante tempo. O conceito de Socially Responsible Investiment (Investimento Socialmente Responsável) começou a ser cunhado nas décadas de 1970 e 1980.

Nessa época, fundos de investimento passaram a levar em conta não apenas o retorno financeiro, mas também o impacto social que as aplicações poderiam gerar. Houve um grande foco em evitar investimentos em empresas responsáveis por desastres ambientais ou que estavam envolvidas em conflitos como o Apartheid e a Guerra do Vietnã.

Conte com a Think!

Se você deseja promover a responsabilidade social dentro da sua empresa, a Think está aqui para te auxiliar. Temos ampla experiência e conhecimento na implementação de projetos com benefício social e ambiental, os quais podem receber o benefício da Lei de Incentivos Fiscais, aumentando sua contribuição sem gerar custos para sua empresa.

Quer entender melhor? Então, visite nosso site e conheça mais sobre nosso serviço.

Veja mais projetos